18.11.17

MONTE CLARO (Nisa): 4ª Caminhada "Pais, Filhos e Netos"


CASTELO DE VIDE: Circuito de Pista AADP está de regresso

O circuito de pista da AADP está de regresso, com a realização do torneio de abertura na Vila de Castelo de Vide.
A Associação de Atletismo do Distrito de Portalegre, irá iniciar a sua época competitiva de pista, dia 25 de Novembro de 2017, pelas 14 horas no estádio Municipal de Castelo de Vide, naquela que foi a primeira pista de atletismo do panorama do atletismo distrital, construída no longínquo ano de 1999.
O torneio de Abertura da AADP, irá iniciar as hostilidades no que diz respeito a competição de pista e realiza-se em parceria com o Município de Castelo de Vide, que
ao longo dos anos, tem sido um parceiro de excelência da Associação de Atletismo de
Portalegre.
O torneio irá contar com corridas não competitivas de 60 metros e kids Athletic para os mais jovens, salto em altura e comprimento a partir do escalão de iniciados entre outras provas que poderás consultar no regulamento competitivo disponível em aadp.pt.
Contará também com uma prova de estafetas, em que as equipas podem ser constituídas por atletas do escalão de Juniores a veteranos, num claro piscar de olho do novo responsável técnico aos atletas dos escalões menos jovens, que nos últimos anos têm andado arredados das pistas e que conferem um brilho especial a todas as competições onde participam, gerando uma convivência multigeracional, muito interessante de observar.
As inscrições terminam dia 22 de Novembro, pelas 18 horas e são gratuitas para todos
os atletas filiados na AADP.
De acordo com o regulamento da competição, qualquer inscrição fora do prazo estabelecido poderá acarretar custos acrescidos.
Poderás fazer a inscrição na prova, em formulário destinado a esse efeito disponível em
aadp.pt.
Junta-te à AADP e ao Município de Castelo de Vide e vem fazer a festa do atletismo, contamos com a tua presença.

17.11.17

AMIEIRA DO TEJO: Grande Noite de Fados


Alunos do IPP ganham Prémio Jovem Cineasta no Cinanima 2017

João Monteiro, Luís Vital e Ricardo Livramento, alunos da licenciatura em Design e Animação Multimédia, autores da curta metragem "A viagem", são os vencedores do Festival Cinanima 2017 na categoria Jovem Cineasta. Este prémio é o mais importante galardão nacional na área do cinema de animação outorgado a primeiros filmes ou filmes de fim de estudos e este ano foi atribuído ex aequo com a curta-metragem “O Desempregato” de Sara Marques e André Matos. Este triunfo dos alunos do nosso IPP é motivo de enorme orgulho e um reconhecimento da qualidade do trabalho desenvolvido.
"A viagem" é um relato introspetivo da vida problemática de um jovem adulto. Uma viagem feita através das memórias do protagonista. Esta curta-metragem, realizada no segundo ano da licenciatura no âmbito da Unidade Curricular Projecto de Animação, tinha ganho recentemente o Prémio Nacional de Animação atribuído pela Casa da Animação. A esse prémio soma-se agora o do prestigiado Cinanima, o maior e mais antigo festival de animação organizado em Portugal e o terceiro mais antigo em todo o mundo.
Estão de parabéns os alunos pela sua criatividade e imaginação, e pelo enorme esforço que supõe a realização de um trabalho desta qualidade. Estão também de parabéns todos os que têm contribuído, com dedicação e entusiasmo, para o crescimento da licenciatura em Design e Animação Multimédia, e para que a excelência agora reconhecida seja uma realidade quotidiana.
Resultados da 41ª Edição do CINANIMA:
http://cinanima.pt/animacao-romena-vence-na-41aedicao-do-cinanima 
 Teaser:  https://vimeo.com/224676862?ref=fb-share&1


16.11.17

IMPRENSA REGIONAL: "Alto Alentejo" - 15/11/2017


BOLINA - 2º Festival Internacional de Palhaças em Castelo de Vide


SOUSEL: 3 detidos por tráfico de estupefacientes e 7 quilos de cannabis apreendidos

O Comando Territorial de Portalegre, através do Posto Territorial de Sousel e do Núcleo de Investigação Criminal de Ponte de Sor, ontem, dia 15 de novembro, deteve dois homens de 42 e 45 anos e uma mulher de 31 anos por tráfico de estupefacientes, na localidade de Sousel.
No decorrer de um patrulhamento foi avistado, no quintal de uma habitação, uma plantação que se suspeitou ser de cannabis. Após as diligências iniciais e um mês de investigação, foram efetuadas duas buscas domiciliárias culminando na apreensão de:
·         Sete quilos cannabis, cerca de 2 800 doses;
·         Uma arma transformada;
·         42 munições;
·         Uma estufa artesanal para o cultivo de plantas de cannabis;
·         Duas balanças de precisão;
·         Seis telemóveis.
No decurso da operação foram ainda elaborados cincos autos de contraordenação por infrações relacionadas com animais de companhia e por detenção de animais perigosos e potencialmente perigosos.
Os detidos, um deles com antecedentes criminais por violência doméstica e ameaças, foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência.

USNA: "Greve dos professores com impacto também no distrito de Portalegre"

O descontentamento dos professores foi hoje visível em todo o país.
Milhares de professores em greve, vários do distrito de Portalegre, concentraram-se em Lisboa, frente à Assembleia da República, protestando contra a discriminação de que estão a ser alvo no processo de descongelamento das carreiras da administração pública.
No distrito de Portalegre a adesão à greve foi de 100% em 10 escolas: 1º CEB de Alter do Chão, JI da Esperança em Arronches, JI da Boa Fé, 1º CEB e JI de Alcáçovas em Elvas, 1º CEB/ JI de Castelo de Vide, EB J.P. Andrade e 1º CEB de Longomel em Ponte de Sôr, EB1 Assumar e EB1 Vaiamonte em Monforte. Em muitas outras registou-se uma adesão superior a 50%: EBI/JI Stº António das Areias em Marvão, ES D.Sancho II em Elvas, 1º CEB da Boa Fé em Elvas e Agrupamento de Ponte de Sôr. Além do impacto bem visível nestas escolas em várias outras houve professores em greve: EB 2,3 N.S. Luz em Arronches, ES S. Lourenço em Portalegre, EB 2,3 da Boa Fé em Elvas, Agrupamento de Fronteira, Agrupamento de Nisa, EB de Monforte e EB 2,3 de Avis.
A luta dos professores teve resultado imediato, já que, durante o debate na Assembleia da República, a Secretária de Estado da Educação anunciou que irá negociar com os sindicatos o processo de descongelamento das carreiras dos professores.
Portalegre, 2017-11-15
O Depº de Informação da USNA/cgtp-in

IMPRENSA REGIONAL: "Fonte Nova" - 14/11/2017


15.11.17

MEMÓRIA: Alunos da Escola de Amieira do Tejo

A foto foi publicada na edição nº 179 do "Jornal de Nisa" na secção "MODUS VIVENDI"
Foto de alunos de Amieira do Tejo, tirada no primeiro quartel do século XX. De pé: António Ribeiro Alves, José Velez Metelo, João de Matos Pereira Rico, João Valério, António Francisco Constâncio (pai do Governador do Banco de Portugal, dr. Vítor Constâncio), e Manuel Alves Martins.
Sentados: António de Sena Lino, Manuel Severino Barata, Luís Dias Semedo, António Pires Migueis, Henrique Pereira Lopes e João Rodrigues Vieira de Sena.
Com a cortesia da senhora D. Belmira Vieira, a quem agradecemos.

José Serra expõe no Hospital Distrital da Figueira da Foz







O artista nisense José Maria Reisinho Serra tem patente ao público desde 13 de Novembro, na galeria do Hospital Distrital da Figueira da Foz, uma Exposição individual de pintura que integra algumas das suas obras mais representativas.
A exposição pode ser visitada até ao dia 2 de Janeiro.

O melhor da gastronomia alentejana na "Cozinha dos Ganhões" em Estremoz

Programa da Cozinha dos Ganhões 2017
QUINTA – 30 DE NOVEMBRO
18:00 – Cerimónia de inauguração da 25.ª Cozinha dos Ganhões
19:00 – Inauguração e visita à Feira da Caça, Pesca e Atividades na Natureza
21:30 – Noite de Fados, com António Pinto Basto, Matilde Cid e Silvino Sardo, acompanhados pelos músicos Dinis Lavos (guitarra), Mário Estorninho (viola) e Gustavo (viola baixo).
23:30 – Discoteca e bares (Pavilhão A)
SEXTA – 1 DE DEZEMBRO (FERIADO)
12:00 – Abertura do certame
16:00 – Atuação da Orquestra Juvenil da Escola de Música da Banda União
17:00 – Atuação do Grupo de Cavaquinhos de Estremoz
22:00 – Atuação do grupo de música tradicional portuguesa D’Empreitada
23:30 – Discoteca e bares (Pavilhão A)
SÁBADO – 2 DE DEZEMBRO
11:00 – Caminhada dos Ganhões, na Rota do Boneco de Estremoz, dinamizada por alunas da Academia Sénior de Estremoz
12:00 – Abertura do certame
16:00 – Atuação do Grupo Folclórico A Convenção de Évora Monte
17:00 – Atuação do Rancho Folclórico Rosas de Maio de Veiros
22:00 – Espetáculo com Vira Milho
23:30 – Discoteca e bares (Pavilhão A)
DOMINGO – 3 DE DEZEMBRO
08:00 – Rota dos Ganhões em BTT – organização SDT Estremoz
12:00 – Abertura do certame
16:00 – Atuação do Rancho Folclórico As Azeitoneiras de S. Bento do Cortiço
17:00 – Espetáculo com a Tuna da Universidade Sénior da Santa Casa da Misericórdia de Borba
20:00 – Encerramento do certame

14.11.17

OPINIÃO: A austeridade nunca chegou aqui

No início de outubro a ERSE propunha, pela primeira vez em 17 anos, uma descida de 0,2% no preço da eletricidade em Portugal. No final desse mesmo mês os representantes da Endesa (multinacional elétrica) e das empresas do setor renovável (APREN) acusavam a secretaria de Estado da Energia de estar refém do Bloco de Esquerda. Não são coincidências.
O embaratecimento da energia em 2018 é o resultado da ação do Parlamento e do Governo e do efeito de propostas negociadas com o Bloco de Esquerda para reduzir as rendas das empresas de energia. E para que os preços voltem a descer no futuro, mais rendas terão de ser cortadas. É essa a verdadeira razão do incómodo, tanto das grandes empresas do setor - como a Endesa - como dos seus representantes - como a APREN -, que estão pouco habituados a que se lhes faça frente.
Para estas empresas, a vida antes de 2015 era mais fácil. O Governo de PSD e CDS falava grosso contra as rendas mas, ao contrário da austeridade, bem sentida pelo povo, os cortes na energia eram só mesmo para troika ver. Dois exemplos bastam para provar que assim é.
A CESE - Contribuição Extraordinária sobre o Setor Energético - entrou em vigor em 2014, e foi apresentada pelo Governo de PSD/CDS como um exemplo da "austeridade ética". As boas intenções duraram pouco e o Programa de Estabilidade para 2015-2019 previa o fim da CESE logo em 2017. A mesma pressa não se aplicava, no entanto, à reversão dos cortes salariais na Função Pública ou da sobretaxa. Interessante foi verificar que, mesmo na sexta-feira antes das eleições de 2015, e não fosse o diabo tecê-las, o então secretário de Estado da Energia fez publicar um despacho em que permitia às empresas de energia repercutir a CESE na fatura paga pelos clientes. Foram cerca de dezenas de milhões cobrados a mais, de forma ilegal, e que agora se exige que as empresas devolvam.
Pela mesma altura, em 2013, eram anunciadas, várias vezes e com pompa, poupanças nas rendas da energia. Na verdade, só uma parte da história é que estava a ser contada. É que, em troca de um pagamento à cabeça, o Ministério de Moreira da Silva estendeu os subsídios leoninos pagos à produção eólica durante mais sete anos. Ou seja, o Governo anterior pediu um empréstimo encapotado às produtoras de energia, condenando os consumidores a pagá-lo em rendas até 2027. O regime era voluntário e foi imediatamente aceite pelas empresas, o que seria estranho se se tratasse de uma verdadeira "contribuição". Pelo contrário, estima-se que a "poupança" venha a custar, afinal, 800 milhões de euros.
Se, no caso da CESE, as empresas foram já obrigadas a devolver o que cobraram a mais, no caso da subsidiação acrescida, é ainda preciso corrigir o abuso. Não admira, pois, que os beneficiários das rendas da energia queiram condicionar a ação do Governo nesta área. O seu ataque é a prova de que a persistência do Bloco vale a pena.
Mariana Mortágua in "Jornal de Notícias" - 14/11/2017

ELVAS: Detido em flagrante delito por furto em residência

O Comando Territorial de Portalegre, através do Posto Territorial de Elvas, no dia 12 de novembro, naquela localidade, deteve em flagrante delito um homem, de 27 anos, por furto em interior de residência.
Os militares foram alertados pela vítima, tendo esta solicitado o auxílio da GNR, por estar a decorrer um furto na sua residência. Devido à rápida intervenção dos militares, o indivíduo foi detido em flagrante delito, tendo já na sua posse algumas mobílias e objetos de coleção. Foram apreendidas diversas cadeiras e cadeirões, cinzeiros de pé alto e peças de fardamento militar, entretanto restituídas ao seu legítimo proprietário.
Para além dos bens, foi também apreendida a viatura utilizada no furto e várias ferramentas utilizadas na prática do crime.
O detido, já com antecedentes criminais pelo mesmo crime, foi constituído arguido e ficou sujeito a termo de identidade e residência.

13.11.17

POESIA POPULAR: As Fontes de Amieira do Tejo

As Fontes de Amieira do Tejo (1984)
Amieira do Tejo é terra ideal
Cercada por vários montes
Tem água pura, fresca e natural
Nas suas belíssimas fontes

Por cima da Ponte do Rio junto à Ribeira
Com duas bicas de metal
Está uma fonte de primeira
Chamada a Fonte da Cal

Quer seja para encher uma bilha
Ou mesmo até um barril
Está uma fonte, que maravilha!
Que é a Fonte de Álvaro Gil.

E para abrir o apetite
E comer mais um bocadinho
Aquele que não acredite
Vá à Fonte de Estanquinho.

E na Estrada do Tejo
Na curva furtada ao vento
Sempre que lá passo a vejo
A da Tapada do Bento.

Para não pesar na barriga
E ficar que nem um lorde
Não há melhor: há quem diga
Que a água da Vinha de Ordem

Há uma que já não tem valor
E quem lá passa tira a prova
Junto à estrada de Vila Flor
Está também a Fonte Nova.

 Esta uma fonte desprezada
Mas muito antiga em Amieira
Devia ser arranjada
A velha Fonte Romeira
João de Matos Rico (1984)
Fonte da Cal - Foto de Armando Gaspar


NISA: "36 Anos a Aprender e a Ensinar" - Espectáculo de António Maria Charrinho


MARVÃO: Sessões sobre a Violência contra Idosos no concelho

O CLDS-3G Forti(ficar) Marvão está a organizar quatro sessões sobre a violência contra idosos naquele concelho. Sempre às 14 horas, no dia 14 de Novembro a sessão decorre no Ninho de Empresas (sala de formação) em Santo António das Areias; no dia 17 na antiga Escola Primária da Beirã; no dia 21 de Novembro no auditório da Casa da Cultura de Marvão e finalmente a 28 de Novembro no salão da Casa do Povo de Porto da Espada.
Esta atividade concreta destina-se a alertar e sensibilizar para situações de Violência Contra os Idosos, com a realização de 4 ações de sensibilização, dando também enfoque às doenças de foro mental, especialmente dirigidas a colaboradores das IPSS do concelho, familiares dos utentes e beneficiários das mesmas.
As sessões são dinamizadas pela Dra. Carla Baptista do NAVVD - Núcleo de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica do Distrito de Portalegre, da Cruz Vermelha Portuguesa.

Verdes pedem esclarecimentos sobre mortandade de peixes entre Vila Velha de Ródão e a Barragem de Fratel

O Deputado José Luís Ferreira, do Grupo Parlamentar Os Verdes, entregou na Assembleia da República uma pergunta em que questiona o Governo, através do Ministério do Ambiente, sobre mortandade de milhares de peixes entre Vila Velha de Ródão e a Barragem de Fratel tendo esta catástrofe sido associada às descargas de efluentes por parte de empresas localizadas nessa área, bem como à eutrofização das águas do Tejo.
Pergunta:
O Partido Ecologista Os Verdes tem, ao longo dos anos, denunciado a poluição a que o rio Tejo tem sido exposto, nomeadamente na Assembleia da República, e exigido a sua resolução e respetiva monitorização das águas por partes das entidades competentes.
Ainda no passado mês de outubro Os Verdes questionaram o governo, através da pergunta n.º 79/XIII/3ª sobre as causas da frequente mortandade de peixes no Rio Tejo, entre Vila Franca de Xira e Alhandra (a qual ainda não obteve resposta por parte do Ministério do Ambiente) e sobre as medidas a serem tomadas para minimizar os danos daí decorrentes.
Recentemente foi denunciada por ambientalistas uma nova mortandade de milhares de peixes entre Vila Velha de Ródão e a Barragem de Fratel tendo esta catástrofe sido associada às descargas de efluentes por parte de empresas localizadas nessa área, bem como à eutrofização das águas do Tejo.
A eutrofização é o crescimento excessivo de plantas aquáticas, nomeadamente de algas devido à maior concentração de nutrientes existentes nas águas sobretudo nitrogénio e fósforo, em resultado da poluição e da redução do caudal. Este processo é mais frequente em ambientes em que as águas estão mais contidas, como nas albufeiras, reduzindo os níveis de oxigénio da água e colocando em causa estes ecossistemas.
A eutrofização embora possa também levar à mortandade de peixes, não é a causa em si mesma, mas o resultado nítido do excesso de poluição a que o rio Tejo tem sido sujeito, tornando-se ainda mais evidentes os seus efeitos catastróficos na biodiversidade em períodos de seca como o que se está a verificar neste ano em Portugal. Considerando que é urgente atuar no sentido de identificar as causas e a sua resolução de forma a evitar estas catástrofes ambientais que comprometem a fauna e flora do rio Tejo, bem como a própria saúde pública.
Considerando por fim que o Grupo Parlamentar Os Verdes, tendo em conta a relevância do tema, já propôs uma audição sobre a poluição do rio Tejo com o Ministro do Ambiente, a realizar na Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação, e que, para a própria preparação dessa audição, é importante que nos dotemos de elementos relevantes,
Assim ao abrigo das disposições constitucionais e regimentais aplicáveis, solicito a S. Exª O Presidente da Assembleia da República que remeta ao Governo a seguinte pergunta para que o Ministério do Ambiente possa prestar os seguintes esclarecimentos:
1- O Ministério do Ambiente confirma que a mortandade de peixes que se tem verificado no rio Tejo, na zona de Vila Velha de Ródão é o resultado das descargas de efluentes de empresas que laboram nesse concelho?
2- Quantas licenças foram emitidas, na última década, para a rejeição de águas residuais diretamente no rio Tejo ou em afluentes entre a barragem do Fratel e Vila Velha de Ródão?
3- Que tipo de monitorização e fiscalização tem sido efetuado às águas do rio Tejo no sentido de identificar focos de poluição e a sua eliminação?
4- Que diligências foram tomadas para resolver esta situação que conduziu à morte de milhares de peixes na zona de Vila Velha de Ródão?
O Grupo Parlamentar “Os Verdes”

12.11.17

NISA: Assembleia Geral da Inijovem para eleger os órgãos sociais


II Ciclo de Conferências "Leituras a Sul" em Portalegre


Corta-Mato do Ervedal bate recorde de participação





Todos os caminhos neste nosso, Alto Alentejo foram dar à freguesia de Ervedal, mais em concreto ao Corta-Mato do Ervedal.
Numa tarde, que irá ficar registada na memória da organização e certamente nos registos históricos da AADP, com a participação de 222 atletas, 77 femininos e 145 masculinos, superando o anterior recorde de participação que rondava os 180 participantes numa competição que vai na 18ªedição.
O tempo agradável acompanhado pelo crescimento no número de praticantes filiados na Associação de Atletismo do Distrito de Portalegre, contribuíram para a presença massiva, nesta que foi a primeira prova do calendário 2017/2018, surpreendendo todos o que poderá ter causado pequenas situações que certamente vão ser colmatadas de futuro.
No que diz respeito à competição propriamente, Rafael Domingo sagrou-se vencedor do
escalão de séniores masculinos seguido pelo seu colega de equipa António Almeida que
ficou a escassos 5 segundo, fechando o pódio sénior masculino o atleta do Atletismo
Clube de Portalegre Tiago Valério.
Nas seniores femininas venceu Andreia Pingueiro da União Clube Eirense, ex. atleta do
Clube Elvense de Natação que se transferiu na última época de transferência, seguida de Ana Ramos da Casa do Benfica de Abrantes e de Ana Miranda do Atletismo Clube de Portalegre.
Para a classificação do circuito de corridas da AADP, nas seniores femininas o pódio foi
composto por Ana Miranda do ACP, Carina Babaroca do Clube Elvense de Natação e Ana Pires da Associação Desportiva Ialbax.
Nos homens o primeiro do circuito AADP foi Tiago Valério do ACP, seguido pelo seu
companheiro de equipa Nuno Paiva, fechando o pódio Valdemar Madeira da Associação Barbaris Team, que com esta presença mostra que pretende para além da forte aposta no circuito de trail, participar também no circuito de corridas.

ELVAS: 7 detidos em flagrante por furto de azeitona


O Comando Territorial de Portalegre, através do Posto Territorial de Elvas, ontem, dia 10 de novembro, naquela localidade, deteve em flagrante delito sete homens com idades compreendidas entre os 18 e os 37 anos, por furto de mais de 700 quilos de azeitona.
Após a informação de movimentos suspeitos numa zona de olival, uma patrulha deslocou-se de imediato ao local, tendo detido os sete indivíduos, os quais já tinham na sua posse a azeitona furtada. Para além da azeitona, foram ainda apreendidos dois veículos ligeiros de passageiros utilizados na prática dos crimes.
Os indivíduos foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência.

HUMOR EM TEMPO DE CÓLERA

Panteão Party
Cartoon de Henrique Monteiro in http://henricartoon.blogs.sapo.pt

NISA: Memória(s) - Recortes de Imprensa





10.11.17

Valnor promove Ação de sensibilização ambiental: 2ª Feira Verde

A Semana Europeia da Prevenção de Resíduos terá lugar entre os dias 18 a 26 de novembro de 2017. A VALNOR realizará várias atividades para comemorar esta semana, por forma a incentivar ações e gestos para reduzir o desperdício e prevenir a produção de resíduos.
À semelhança de anos anteriores, iremos abordar temas como:
➞Evitar e reduzir a produção de resíduos na origem
➞Reutilização e preparação para reutilização
➞Separação de resíduos e Reciclagem
➞Utilização de composto orgânico
Por forma a influenciar a entrega dos resíduos nos Ecocentros, vamos realizar uma ação no dia 20 de novembro de 2017.  
Denomina-se “2ª Feira Verde”
Esta ação tem como objetivo a sensibilização da população para a utilização dos Ecocentros. Nesse dia vamos “premiar” os utilizadores dos Ecocentros uma amostra de Corretivo Orgânico (NutreVALNOR), para fertilizar as plantas.

Dadores de sangue em força no Crato





Mais uma colheita da responsabilidade da Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre – ADBSP – dá que falar e pelos melhores motivos: a encorajadora presença de dadores. Desta feita estivemos no Crato, mais propriamente no quartel dos Bombeiros. O número de inscrições cifrou-se em 34, 11 das quais do sexo feminino.
A avaliação clínica ditou que 32 pudessem estender o braço.
Uma mulher deu sangue pela primeira vez. E verificou-se um novo elemento no Registo Nacional de Dadores Voluntários de Células de Medula Óssea.
A Câmara Municipal do Crato apoiou o almoço convívio, servido num restaurante local.
Santo António das Areias a 18 de novembro
As brigadas sob responsabilidade da ADBSP têm lugar aos sábados, da parte da manhã. Vamos estar proximamente: na Casa do Povo de Santo António das Areias (Marvão) a 18 de novembro; e nos Bombeiros de Monforte, a 16 de dezembro.
Pode-nos seguir em: www.facebook.com/groups/AdbsPortalegre  .

JR